Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pink Ego Box

Pink Ego Box

15
Set15

in my head today #93

Não, não me esqueci que tenho um blog nem nada que se pareça, e se vim aqui é porque sinto que, de alguma forma, devia uma justificação a quem aqui passa. A verdade é que tenho andado afastada da blogosfera por completo.. Não me tem apetecido escrever nada por aqui, nem ler o dos outros...não é por mal, mas a minha cabeça tem andado por outros sítios.. A vida lá deu umas voltas e cambalhotas, entre uns meltdowns e uns estados mais alterados, vou tentando andar à tona. Uma formação para um novo emprego anda a deixar-me entre um terror profundo e a expectativa de algo positivo para mim, mas a minha cabeça é território de combate nestas situações e sinto este misto de sentimentos difícil de gerir. Sou fraquinha, é verdade, cedo com a pressão, preciso que me segurem a mão e me digam que vai correr tudo bem, mas creio que é o pior defeito que tenho.... (podia ser pior.. ) Espero que as coisas acalmem, que tudo entre nos eixos...enfim, que tudo corra bem. Desejem-me sorte e entretanto espero voltar aqui ao cantinho com mais frequência... Bjs a tod@s!

22
Jun15

good days should not end

 

 

Foi um bom fim de semana. Muito bom mesmo. Namorada, sul, mar, areia, sol, piscina, amigos. Foi óptimo. Relaxámos um pouco, estivemos com pessoas boas de quem gostamos, divertimo-nos, sorrimos... O que há para não gostar? -apenas o regresso é amargo...!

 

 

IMG_20150622_170256.jpg

 

 

Já tenho saudades!

(Obrigada por um excelente fds, babe... :) Love you. )

 

 

16
Jun15

Ódios de estimação e coisas assim

Não suporto quando as pessoas não fazem piscas quando conduzem.

Com os diabos, têm medo de partir um dedo....!?

É que facilita tremendamente a circulação do trânsito, para já não dizer que é mais seguro sinalizar as manobras. Depois ouve-se coisas mais ou menos parvas da parte de quem não gosta de os usar tais como: "Ninguém precisa saber para onde vou" ou "Oh, ninguém faz portanto também não tenho de fazer"...

Ora bem, eu gostava de saber em que pacote de farinha saiu a carta de condução a estas pessoas, só assim por curiosidade. É que isto é coisinha para me dar nos nervos, especialmente quando quando estamos paradinhos num sinal de stop e de 20 carros que passam por nós, nenhum se lembra que se fizer pisca os coitados que estão ali à espera e entretanto adormeceram já teriam passado há muito.

Senso comum, U guys.

 

(Desabafos!)

 

 

 

 

 

09
Jun15

in the kitchen #4

 

 

 Já algum tempo que ando fascinada com esta nova tendência de comida crua ou "raw foods". 

A curiosidade ficou maior depois de ver no Instagram da Mafalda Pinto Leite algumas imagens de receitas que ela andava a experimentar, mas infelizmente ela não as partilhou (lol), mas aguçou a minha vontade de experimentar algo do género.

Depois, numa uma ida à Miosótis  trouxe de lá umas barrinhas Raw Bite, que nunca tinha experimentado, e fiquei super-fã das de coco. São super saborosas e saciantes, e o melhor é que são biológias, sem glúten e sem lactose. 

Resolvi pesquisar se encontrava uma receita que contivesse, pelo menos, os mesmos ingredientes e concontrei esta. Experimentei e correu muito bem. O sabor ficou igual, fiquei muito surpreendida.

 O único senão foi o óleo de coco, que para mim, foi um pouco excessivo. A receita pedia duas colheres de sopa, mas o resultado foram barrinhas um pouco oleosas tanto ao tacto como no paladar. Uma colher será o suficiente para a próxima, penso.

 

 

bars.jpg

 

 

Para primeira experiência correu muito bem, a próxima tentativa será um bolo... Vamos ver como corre! :D

 

Se experimentarem esta receita, digam como correu, ou se tiverem outras receitas, partilhem também. ;)

 

 

 

 

 

01
Jun15

podia ser pior...

 

 

 

...É incrível como 2 horas sem internet em casa te faz avaliar o quanto dela estás dependente.

-queria ir ao Instagram;

-queria ir ao Facebook;

-queria ir à página da Nos para reportar a situação de falta de internet;

-queria ir pesquisar uma receita da qual já não me lembrava;

-lembrei-me que queria instalar o Skype;

-e queria actualizar o meu blog e cuscar os das outras pessoas.

 

No final fui pintar.

Pois.

 

(Isto diz-me que tenho demasiados "afazeres" online.... ou faço muita procrastinação. lol)

 

 

29
Mai15

random things #34

 

 

 

 

 

...não gosto de estar parada enquanto escovo os dentes.

Gosto de me passear pelo corredor da casa, de mão no bolso enquanto o faço.

Porque não?

 

Mas há quem ache piada a este facto.

 

É só isto.

 

lol

 

 

 

23
Mai15

isto passou-me agora pela cabeça #9

 

 

Coisas que já não posso ouvir:

 

- O caso do agente da PSP que bateu no adepto do Benfica; 

- O caso do agente da PSP que bateu no adepto do Benfica;

- O caso do agente da PSP que bateu no adepto do Benfica;

Ah, e o caso do agente da PSP que bateu no adepto do Benfica.

 

 

É que já não há pachorra ouvir tanto disparate acerca daquele "incidente". E o que se ouve e lê..? Ui, tanta telenovela que anda por aí...

 

 

 

 

19
Mai15

isto passou-me agora pela cabeça #8

 

 

....desde quando ter cortinados nas janelas deixou de ser um must have? Ou melhor, os cortinados deixaram de se usar..? É que se é o caso, não recebi o memo.

 Desde há um tempo eu e a namorada começámos a reparar que cada vez mais janelas não tinham cortinados nas janelas, deixando ver tudo para dentro de casas alheias, qual big brother. 

 Moradias e apartamentos á beira de estrada, ou em zonas de passagem, leia-se. Não, não andámos a bisbilhotar atrás de arbustos para chegar a esta conclusão, bastou-nos passar em ruas e estradas que habitualmente passamos para começarmos a achar estranho... Somos duas pessoas que prezam a privacidade e passar por janelas e vermos pessoas a cozinhar em boxers ou na marmelada no sofá da sala anda a deixar-nos pontos de interrogação... O que se passa? As pessoas deixaram de acreditar em cortinas...?

É que eu não gosto de me expôr à vizinhança e tenho medo de snipers psicopatas e mirones, portanto....queria saber. Sou só eu..? lol

 

 

 

 

 

 

13
Mai15

in my head today #90

 

Hoje não se fala de outra coisa.... do vídeo que mostra duas miúdas de 16 anos que durante 13 minutos esbofeteiam um miúdo da mesma idade.

  Eu vi um bocado do video da agressão e ocorreram-me várias coisas ao vê-lo e ao ler os comentários da "notícia", que é uma coisinha que ora me faz rir ou chorar, consoante a parvoíce.

É o seguinte: Cenas como aquelas acontecem todos os dias, nos mais variados sítios, infelizmente. A palavra bullying já se tornou uma constante no nosso vocabulário e, apesar de há uns anos atrás não ter um nome específico, também já existia. A diferença é que hoje em dia as criaturas que o praticam filmam-no com o telemóvel, colocam no youtube, no FB... Fazem daquilo um troféu que prova que são uns seres badass e vivem de peito inchado com um ar de ai-de-quem-se-meta-comigo. O twist da coisa é que filmar e publicar torna tudo mais grave, mas também mais fácil de identificar os idiotas e ter provas concretas para uma acusação de agressão (ao menos isso).

 Não obstante, é possível que aquelas pirralhas, com tanto circo á volta deste vídeo que se tornou viral, se terem tornado umas autênticas estrelas de Hollywood...o protagonismo também é um troféu, nestes casos.

O que eu penso? Bem, paizinhos, estão a fazer um trabalho 5 estrelas a educar pessoas assim, tão fofinhas. Carry on! 

De resto, espero que sejam castigadas exemplarmente, claro, e que sirva de lição para outros.

 Sofri de bullying quando tinha mais ou menos a mesma idade e posso dizer que ver isto faz borbulhar sentimentos de frustração e raiva. Não percebo, nunca perceberei atitudes destas. Mesmo que seja "uma brincadeira".

É estúpido. Ponto.

 

 

 

 

sobre

foto do autor