Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pink Ego Box

Pink Ego Box

26
Mar15

das coisas tristes

 

 

kl.png

 Estas notícias colam-me ao chão. Não consigo imaginar sequer a dor das famílias que perderam um pai, uma mãe, um filho (...)

 A ser verdade, penso no que terá passado pela cabeça daquela pessoa. Penso que não tinha o direito de o fazer. 150 pessoas. 150. Desapareceram para sempre sem uma única justificação.

 Um acidente, por muito difícil que seja lidar, eventualmente há aceitação, mas isto? Como se lida com algo assim? É tudo muito retorcido e sombrio para ser absorvido...

 Penso depois na vontade que tenho de viajar e que estas coisas me deixam de pé atrás, mesmo muito reticente em meter-me num avião, em colocar a minha vida nas mãos de alguém que não conheço, que pode estar com problemas pessoais, que pode ser um psicopata, um terrorista... Como fazê-lo e pensar descontraídamente "Vai correr tudo bem" ? Provavelmente as pessoas que estariam naquele voo achariam o mesmo...que correria tudo bem.

Não é o primeiro caso nestes moldes, será o último...?

 

 

 

(Clicar na imagem para ver a notícia na íntegra.)

 

21
Dez11

News

 

 

 
 
 
"A reportagem "Por Vergonha de Amar" da jornalista Ana Leal,  foi distinguida por dar visibilidade à luta contra o preconceito sexual.
A reportagem, com imagem de Tiago Ferreira e edição de Pedro Cordeiro, foi premiada por abordar a homossexualidade e a forma como as famílias lidam com isso. Um trabalho que a jornalista considera cívico.
Os prémios são uma iniciativa da «Ex aequo», associação que luta contra a discriminação sexual e tenta mostrar que amar não é uma questão de sexo."
                                                                                                                                                 Fonte: tvi24
 
 

 Para mim é sempre bom saber destas notícias. São pequenos passos, sim, mas com grande significado. :)
 
 
(Para quem não viu esta reportagem, link aqui .)
 

sobre

foto do autor